Vença a Resistência

Tempo de leitura: 3 minutos

Muito tem se falado em como a procrastinação impede as pessoas de dar início aos seus projetos pessoais. Mesmo quando são sonhos de uma vida toda ou até alguma habilidade natural que a pessoa possui, ela não consegue dar início se está tomada pela procrastinação. Segundo Steven Presfield em seu livro A GUERRA DA ARTE, esse estado é chamado de Resistência. Ele dedicou um capítulo inteiro de seu livro a esse tema.

A Resistência é silenciosa e vai te fazer acreditar que ela só está te ajudando a não se expor e a não se arriscar, quando na verdade, de forma sutil e sorrateira, ela te envolve para que você não perceba que mais um dia se passou e você continua como estava no dia anterior: frustrado e desanimado, se sentido incapaz. Normalmente a resistência começa com desculpas. Você diz que está atrasado, que o dia hoje está muito corrido, que não sobrou dinheiro, que está chovendo, que chegou visita bem na hora que você resolveu começar, que sua casa não é apropriada, etc. São as desculpas que a gente encontra para justificar a procrastinação. Nossa consciência sabe que estamos procrastinando e não pode fazer nada para nos ajudar. Esse comportamento começa se repetir para depois se transformar em hábitos e crenças.

A resistência não te deixa nunca, em nenhum momento! Todos os dias quando você abre os olhos ela já te pegou. Observe quais pensamentos vêm à sua mente logo pela manhã, e perceba se você não está procrastinando algo muito importante, algo que você promete que vai fazer e não faz. Muitas vezes, e até durante anos, você vem se desculpando com argumentos tão banais que você não seria capaz de repetir para você mesmo. Ela te enfraquece para te dominar. Sua autoestima vai para debaixo do tapete, uma espécie de medo paralisante.

Porém, mesmo assim, mesmo com a dona procrastinação te rondando dia e noite você continua sonhando em aprender a tocar violão, você continua querendo fazer aquela viagem que você jurava que iria realizar após dez anos de trabalho e após quarenta anos você ainda protela; o curso de filosofia que você ainda não começou e não te sai da cabeça.

As pessoas não percebem que há uma força gigantesca que as impede e que isso não é saudável. Elas não procuram ajuda e quanto mais o tempo passa mais a situação piora.  Se é isso que acontece com você, se é assim que você se sente, você é um procrastinador e deve procurar ajuda.

Um Coach ou um psicólogo dispõe de ferramentas para que a pessoa encontre as formas de lidar com a procrastinação.

O que acontece com a pessoa que se liberta das correntes da resistência é sentir uma grande sensação de liberdade!

A consciência exata de estar no comando da própria vida é fantástico! É uma experiência que o ser humano precisa sentir. É o momento onde seu potencial criativo se realiza. Sentir que a autoestima te empurra para realizar seus projetos mais ambiciosos, não tem preço.

Entender que a perfeição só acontece com um processo repetitivo, então, é preciso começar agora.

Todas as pessoas têm medo. Mesmo o mais renomado artista sente medo. Lembro uma frase, cujo autor não me recordo que diz: “Vá! E se sentir medo, vá assim mesmo! ”

Você entende que as críticas são reais: se forem positivas você atingiu o seu objetivo; se forem negativas, você vai descobrir o que precisa conhecer. Tudo se trata de adquirir conhecimento. Certamente que você vai se estimular, vai querer fazer o seu melhor e, o seu melhor será reconhecido.

Maria Rosângela Albuquerque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *